Muro de concreto para dividir facções começa a ser construído em Alcaçuz

Um muro de concreto está sendo erguido na Penitenciária Estadual de Alcaçuz. A estrutura servirá para separar as duas facções criminosas que disputam o poder dentro da unidade. Segundo o governo, a construção do muro permanente levará 15 dias.  De acordo com o governo do estado, o muro irá separar os pavilhões 1, 2 e 3 (ocupados por membros do Sindicato do RN) dos pavilhões 4 e 5 (dominados pelo PCC). O muro substitui um ‘paredão’ feito de contêineres, cada um com 12 metros.  O muro de concreto terá 90 metros de extensão. A rivalidade entre facções dentro do presídio de Alcaçuz custará ao Governo do Estado R$ 794.028,00. O Governo informou, por meio das redes sociais, que o valor será aplicado na colocação de contêineres, construção do muro de concreto e concretagem do perímetro externo de Alcaçuz. “O isolamento emergencial e temporário dos apenados com contêneires custará R$ 166 mil, incluindo aluguel dos contentores e das máquinas. A concretagem do perímetro externo da Penitenciária de Alcaçuz terá um investimento de R$ 360 mil. O muro com blocos modulares de concreto para separação dos pavilhões terá o custo de R$ 234,8 mil”.

Fonte: G1RN

A notícia com credibilidade.