Nota

Sobre a condição da obra de desassoreamento do Canal do Piató, a SEMARH esclarece e informa. Obras com movimentação de terra em período chuvoso pode sim trazer um risco de assoreamento. No caso do Canal Piató, a movimentação de areia, ocasionada em virtude das últimas chuvas, está sendo resolvida com regularização de camadas e a reabertura de todos os pontos de fechamento para que a água possa fluir no sentido da Lagoa do Piató . É importante acrescentar que, o trabalho realizado em determinados pontos, por exemplo, próximo a ponte da comunidade de Linda Flor, não será cobrado pela empresa Executora da obra, pois a cota de terreno natural já atendia os requisitos básicos de declividade do projeto, sendo necessário apenas de algumas camadas de aterro, invés de desassoreamento. Todos os esses detalhe já estavam previstos no projeto, no intuito de tornar a obra de melhor custo beneficio para o Estado.

Sem mais, nos colocamos à disposição para qualquer outra dúvida.

Assessoria de imprensa da Semarh