Polícia prende homem que matou ‘Cidoca Vaqueiro’

A polícia Civil , por meio da Delegacia Municipal de Assú, prendeu no final da tarde de hoje terça-feira  (24) o homicida Pedro Brito de Souza, que estava foragido desde a manhã do último dia 19, após ter matado o agricultor Severino  Vitorino Lourenço, mais conhecido como “Cidoca Vaqueiro”, com duas pauladas na cabeça em um sítio nas proximidades do Rio-Açu. O acusado estava sendo procurado e, na tarde desta terça-feira , sob o comando do delegado  Cidorgeton Pinheiro, de posse de um mandato de prisão temporária decretada pelo Poder Judiciário da Vara Criminal da cidade de Assú, com uma atuação dinâmica e atenciosa também do Ministério Público local. Em seu interrogatório, o acusado afirma que já premeditava o crime há 02  dias e, naquela manhã, viu o momento certo para matar a vítima, pois estavam sozinhos no campo e longe da casa principal. Pedro Brito disse que matou “Cidoca” por ciúmes, pois ambos mantinham uma relação íntima com uma mulher da localidade, sendo que a tal mulher não mais o queria, dando atenção apenas para “Cidoca”.

 “Houve uma perseguição ordenada no dia do crime para capturar Pedro Brito, mas o mesmo conseguiu se esconder na mata e lá se manteve, como já tinha o feito anos atrás, após cometer um crime de violência sexual contra uma mulher”, afirmou o Delegado Cidorgeton Pinheiro. “Foi priorizada essa investigação para uma resposta rápida e enérgica, com um acompanhamento próximo do Ministério Público e do Poder Judiciário, pois já se acreditava que o acusado agiria da mesma forma como fez no passado, quando saiu livre da Delegacia após se apresentar à autoridade policial da época”, complemente o Delegado. Parabéns ao poder  judiciário, ao ministro público e à polícia  Civil pela atuação rápida e exemplar na elucidação desse crime.

A notícia com credibilidade!