Audiência discute estratégias de combate e prevenção ao abuso infantil

“Devemos pensar em políticas públicas que de fato tragam mecanismos de prevenção”

A semana de combate à exploração sexual contra crianças e adolescentes no Rio Grande do Norte iniciou, nesta segunda-feira (13), com uma discussão no auditório Cortez Pereira, na Assembleia Legislativa, proposta pela deputada Cristiane Dantas (SDD). O evento discutiu as estratégias de prevenção e combate à exploração sexual infanto-juvenil e melhorarias e ampliação de políticas de integração entre os órgãos atuantes no setor.

A promotora de Justiça e coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e do Adolescente (Caop), Sandra Angélica Pereira Santiago, chamou atenção ao fato de que é sempre necessário estar discutindo e debatendo esse tema para que se possa saber o que é preciso aprimorar no combate e na prevenção da violência. “É importante trazer para a criança e para o adolescente a necessidade de se auto proteger, a prevenção é, sobretudo, um eixo importante.”, ressaltou.

Em 2018, foram 67 registros de maus tratos e exploração infantil, já nos três primeiros meses de 2019 foram registrados 246 casos na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).