Chuva de granizo surpreende moradores de Campo Grande

A previsão  é que as chuvas continuem intensa durante a semana em várias regiões do Rio Grande do Norte.

Pelo menos oito cidades do interior do Rio Grande do Norte registraram chuvas na tarde desta terça­ feira (03). Para a surpresa dos moradores, em Campo Grande, choveu granizo durante a tarde. O município de Campo Grande é uma dos 153 municípios que estão em situação de calamidade por conta da seca. De acordo com a Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), a cidade também registrou precipatação de 24mm.

(Fotos: CG na mídia)

Segundo Meteorologista da Emparn, Gilmar Bistrot a chuva pode ter sido provocada por um vórtice ciclônico de ar superior que está atuando sobre a região Nordeste e que induz a formação de instabilidades sobre a região desde que esteja numa posição favorável. A região Oeste potiguar fica no semiárido do Rio Grande do Norte, conhecido pela pouca folhagem e quase nenhuma sombra da vegetação. Ainda segundo Gilmar Bristot, a chuva de granizo na região é algo raro, mas acontece devido à formação de nuvens chamadas de cúmulo-nimbus – caracterizada por um grande desenvolvimento vertical. “Certamente houve um choque de temperaturas muito grande entre as massas de ar quentes e frias, causando a precipitação”, explicou. Esta não é a primeira vez que chove pedras de gelo no interior do Rio Grande do Norte. Em abril de 2015, caiu granizo sobre a cidade de Santana do Seridó, que fica na região do Seridó potiguar.

 

A notícia com credibilidade.

Bell Service