Polícia apreende mais de meia tonelada de drogas enterradas

Pela primeira vez no Rio Grande do Norte, um tipo novo de droga é apreendido “Skank” que é a maconha produzida em laboratório.

Uma operação da Polícia Civil apreendeu nesta terça ­feira (24), 318 kg de supermaconha e 471,4 kg de maconha no Assentamento São Sebastião, Zona Rural de Upanema. A supermaconha é conhecida como “Skank”, é uma maconha mais concentrada e altamente viciante, chegando a ser comparada com o crack.  Segundo informações, a operação teve início com a detenção de um adolescente suspeito, que resolveu colaborar entregando os comparsas e a localização da droga.  Ainda segundo informações, pela primeira vez no Rio Grande do Norte, um tipo novo de droga é apreendido “Skank” que é uma derivação da maconha. O Skank, que tem o nome científico também de Cannabis sativa, é uma droga que é cultivada em laboratório, e tem o seu princípio ativo concentrado. Diferencia-se da maconha pelo fato de seu cultivo se dar de maneira mais avançada, tecnologicamente falando, pois é produzida em estufas, com cultivo hidropônico, consistindo no cultivo direto da raiz na água com nutrientes. Não é usado terra e tem seu preço bastante elevado no mercado. O preço da ‘super maconha’ é avaliado em R$ 9 mil o quilo. Junto com a droga foram presas quatro pessoas. Com os presos foi encontrado um bebê. Também foram apreendidos um carro e uma motocicleta, além de uma espingarda, uma pistola, e um revólver. Várias ferramentas para embalar a droga também foram apreendidas. Os entorpecentes estavam enterrados no quintal de uma residência casa.

A notícia com credibilidade.

Bell Service